Shall we be rational? ou Chauí, be rational

08/04/2009

Marilena Chauí na capa da Cult de março:

“É preciso dar um basta à tentativa de caracterizar o presidente como um populista”.

E a definição de populismo de Chauí na entrevista:

“O populismo […] é a política da classe dominante para exercer o controle sobre as classes populares e/ou sobre a classe média tanto por meio de concessão de benefícios pontuais quanto por meio da figura do governante como salvador e protetor.”

Imagino que o genérico classe dominante da frase inclua também a classe política dominante.

Creepy, hein?! Seria esquizofrenia? Alzheimer?

Mais em Marilena Chauí: a velhinha de Taubaté do Petismo.